top of page

Inverno – Reflexão e Esperança


Na estação do inverno a vinha economiza energia, sendo assim, a seiva não alcança as extremidades dos galhos. Essa é a importante fase da “dormência”, mas a vida secreta da videira continua. É nesse período discreto, o momento certo de preparar a planta para a próxima safra.

Nos primeiros dias do inverno, em nossos vinhedos, no interior do bucólico distrito de Fazenda Souza, em Caxias do Sul, começa uma atividade que requer atenção e cuidado: a podadura. A poda seca é uma ação necessária e fundamental, que regula a produção quantitativa e qualitativa das uvas, equilibrando o desenvolvimento da parte aérea e radicular. É a preparação para as futuras gemas e o número de cachos, garantindo a harmonização da vinha para os próximos ciclos vegetativos.

Na Vinha Solo, o inverno é uma época de reflexão e esperança. Entre o contraste do marrom das vinhas e o azul escuro do céu, se percebe o silêncio e o recolhimento das plantas. Os pensamentos se aprofundam sobre os vinhos que repousam no interior da vinícola, mas os primeiros traços dos próximos vinhos começam a ser desenhados pelas vinhas.

“A consciência de uma planta no meio do inverno não está voltada para o verão que passou, mas para a primavera que irá chegar. A planta não pensa nos dias que já foram, mas nos que virão. Se as plantas estão certas de que a primavera virá, por que nós, os humanos, não acreditamos que um dia seremos capazes de atingir tudo o que queríamos?”

Khalil Gibran (1883-1931)


Texto: Gilberto Cargnel, enólogo Vinha Solo

72 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


whatsapp.png
bottom of page