• Vinha Solo

Vinho com Mínima Intervenção


A mínima intervenção é uma abordagem de vinificação que tenta agir o mínimo possível entre o vinhedo e a garrafa. Cuidar das uvas da forma mais delicada possível é parte da mentalidade purista de quem acredita na equidade entre a Natureza e o aprendizado humano. O objetivo principal da Vinha Solo é procurar o equilíbrio entre fazer o suficiente sem fazer demasiado.

Primeiramente temos de entender o vinhedo. A escolha do solo, das variedades, do sistema de condução e da poda são fundamentais para a gestão das vinhas. O conhecimento das potencialidades e facetas de cada variedade tem de estar presente na mente minimalista do pensador e criador dos vinhos.

A vinificação em parcelas, respeitando o momento adequado de maturação, é a parte principal para extrair a máxima tipicidade da variedade. Nossos vinhedos próprios e próximos da adega apadrinham o processo de elaboração. Assim, as uvas sãs, frescas e maduras são fontes de inspiração para elaborar nossos vinhos.

Já a fermentação natural dos açúcares da uva com as cascas, realizada pelas leveduras indígenas, contribui muito para expressar o caráter e singularidade do futuro vinho. Sendo assim nossos mostos são vinificados exclusivamente com o açúcar que a Natureza abençoou nossas uvas durante o sagrado período da maturação. E o processo mágico da fermentação alcoólica ocorre de forma espontânea e conjunta com as leveduras selvagens dos nossos vinhedos e as leveduras nativas do ambiente interno da vinícola Vinha Solo. Assim começa a expressão do terroir da Vinha Solo.

Identificar o momento certo e adequado para limitar ao mínimo indispensável à ação seletiva do sulfito é proceder de forma homeopática e precisa levando em consideração a estrutura das uvas. Os processos de fermentação com mínima intervenção exigem o máximo zelo na adega. Nessa etapa nós observamos continuamente e procuramos entender o que está acontecendo na lenta transformação do mosto em vinho.

A paciência é uma virtude das pessoas e dos vinhos. Nossos produtos aguardam silenciosamente em nossa adega a autoclarificação e a estabilidade natural proporcionadas pelo tempo. Dessa forma e sem filtração, nossos vinhos são acompanhados e degustados frequentemente. Em nosso processo de elaboração não utilizamos nenhum tipo de coadjuvante de afinamento como clarificante ou auxiliar de filtração.

Elaborar vinhos com a mínima intervenção possível é um gesto de respeito à vinha e ao trabalho duro de campo. Transformar a uva em vinho com pouca ingerência é mais empolgante pois realça a plenitude das uvas em toda a sua soberania. Nós estamos gerando vinhos com conhecimento e emoção e com a consciência de que estamos fazendo o melhor para proporcionar o prazer, a alegria e a saúde às pessoas. Conheça os vinhos da Vinha Solo e surpreenda-se com a que a MÍNIMA INTERVENÇÃO pode te proporcionar. texto: Gilberto Cargnel, enólogo Vinha Solo


54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
whatsapp.png